Na

 
 

dedicamo-nos a

Saber viver, saber ser

Somos uma equipa e uma comunidade interessadas em elevar pessoas e organizações; existimos para ajudar os nossos clientes a viver melhor e a atingir os seus resultados.

Acreditamos que o conhecer e saber-fazer não são suficientes. Hoje, sempre, o que faz a diferença é saber-ser.

 

Elevar a simplicidade

Para nós, a simplicidade é imensamente complexa.

Num mundo que vive imerso em complexidade, buscamos soluções simples, profundas e sustentáveis.

Fazêmo-lo ao criar e ajudar a criar relações humanas de qualidade.

 

Viver a ética e a autenticidade

Na EEC não temos a pretensão de ter resposta para tudo, não encontramos soluções para todos os desafios.

Acreditamos, sim, que temos a coragem, a humildade e a qualidade humana para dizer “não sabemos”.

Estamos dispostos a percorrer novos caminhos e a criar contextos diversos, em conjunto e em co-construção, que conduzam à inovação, à evolução e à descoberta de novas soluções para problemas e desafios, simultaneamente, antigos e modernos.

Reinvenção (Moldura).png

Escola Europeia de Coaching

=

Logo EEC (sem fundo).png

=

Escola, Empresa, Comunidade

Escola, nas noções ancestrais latinas e gregas do termo, significava “interrupção para aprendizagem”; “ócio dedicado ao estudo”; “local para discussões/conversas”; “local onde se emprega o lazer/tempo livre”.
 
(Neg)Ócio.png
 

Há muito tempo, há demasiado tempo, para muitos, que a noção de aprendizagem está dissociada do prazer.

A noção de que o "trabalho" é uma dimensão separada do "resto da vida" está demasiado instalada.

Ócio, no seu conceito original, refere-se a uma ação positiva, em que o ser humano se dedica a fazer coisas que têm a ver com a sua essência
 
 

Na EEC trabalhamos para ajudar a recuperar o lugar do prazer na aprendizagem. 

Esforçamo-nos para demonstrar que o [Neg]Ócio faz mais sentido quando contempla o ócio.


 
 

A nossa abordagem

 

De onde partimos?

As organizações - as direcções, os departamentos, as equipas - são redes de conversações orientadas para a coordenação de acções e obtenção de resultados.
 

Aprender = Acumular informação

OU

 Aprender = Transformar, Mudar, Incorporar

 

Para nós, aprender é muito mais do que acumulação de conhecimento ou de informação. Na abordagem ontológica, a que seguimos, é a aquisição de novas perspectivas, como o desafio e a construção de novos paradigmas, que permitem a mudança, a contemplação de novos cursos de acção e, por consequência, a obtenção de novos resultados.

Por isto, aprender não é apenas a obtenção de uma forma de diferente de fazer mas, sim, uma distinta forma de ser. 

Apenas desta forma as aprendizagens são incorporadas, passando, assim, a ser sustentadas e sustentáveis.

 

Ensinar ou ajudar a aprender?

A palavra “aluno” deriva do latim alere, que significa “alimentar, sustentar, nutrir, fazer crescer”. 

Por isso os participantes nos nossos programas não são vistos como “meros participantes” mas sim como alunos; como pessoas que procuram “alimento” intelectual, relacional, emocional com vista a melhorar a sua forma de ser e, por consequência, de fazer.

Acompanhamos os nossos alunos no seu processo pessoal de evolução. Numa perspectiva de desenvolvimento, aprendizagem e evolução constantes, convidamos o aluno a viver e a pôr em prática uma série de experiências pessoais que acompanham um percurso teórico sustentado e rigoroso. 

Trabalhamos para alcançar uma aprendizagem transformacionalOs profissionais da EEC actuam como facilitadores desta aprendizagem, ajudam o participante a descobrir:

  • Como o modo como interpreta as situações condiciona as suas acções (e os seus resultados). 
  • Que poderá não estar a “ver” que poderia oferecer-se a si mesmo novas possibilidades e alternativas de actuação. 
 
Em teoria não há nenhuma diferença entre a teoria e a prática. Mas, na prática, existe

De que vale a teoria sem prática?

Os programas da EEC nutrém-se da experiência dos nossos professores, uma equipa multidisciplinar, diversa, eclética e sábia.  Por isso, partilham conhecimentos e experiências com as pessoas que querem aprender, transformar-se, ser melhores.

A aprendizagem acontece através da experimentação e de práticas que permitem incorporar as ideias, as teorias, as atitudes. No fundo, distintas formas de ser: diferentes formas de olhar e, consequentemente, diferentes formas de fazer.

O que fazemos

 
 
 

Coaching

Criar contextos de aprendizagem

Para a EEC, coaching não é um mero conjunto de ferramentas ou de  técnicas. O coaching é uma metodologia que implica uma forma particular  de ser, que pressupõe o desenvolvimento e o uso simultâneo de competências tão díspares que por vezes podem confundir-se com valores ou virtudes. A escuta, o apoio, a generosidade, a integridade, a perspicácia, a capacidade analítica, a liderança, a comunicação, a criatividade, etc., são muito mais que meras palavras para um coach, são as suas ferramentas de trabalho.

Saiba mais sobre:

 
 

Ajudamos a aprender, a ser

Para organizações e pessoas que querem ser mais conscientes e sábias 

Partimos da premissa de que as empresas são redes de conversações orientadas para a coordenação de acções e obtenção de resultados. 

Estudamos em profundidade cada caso e sugerimos o projecto de mais adequado às características e circunstâncias concretas de cada organização. 

Ao mesmo tempo, acreditamos que os nossos saber-fazer e saber-ser não devem estar disponíveis apenas paras as pessoas que chegam até nós pelas organizações onde trabalham. Colocamos a nossa experiência à disposição de pessoas que que apostam no seu desenvolvimento pessoal e profissional, independentemente da idade e sector de actividade.

Desfrutamos ao desenvolver competências para saber conversar, saber escutar, saber pedir, saber identificar e gerir as emoções e saber colocar-se no lugar do outro.

Saiba mais sobre: